GED e Tendências

(14/05/13)

AULA 14

O GED (Gerenciamento Eletrônico de Documentos) também é um tipo de AUTOMAÇÃO (Veja no post anterior), auxilia empresas tradicionais, que acumula grande quantidade de papel, digitalizando, organizando eletronicamente e depois disponibilizando todos os documentos através da internet (por uma intranet, por exemplo). Com essa tecnologia, que geralmente é terceirizada, economiza-se espaço e assegura a informação necessária de forma mais rápida e clara.

Exemplo: Uma Imobiliária, onde se tem a necessidade de guardar todos os documentos e contratos de cada imóveis (grande quantidade de papel). Recomenda-se contratar uma empresa que vai se responsabilizar de guardar os documentos, digitalizá-los e anexar tudo ao sistema.

TENDÊNCIAS:

A Convergência Tecnológica, é uma das tendências que utiliza uma única infraestrutura de tecnologia para prover todos os serviços. E é dividida em três principais elementos:

  • Serviços e Aplicações: Processos de comunicação multimídia (empresarial e pessoal). Ex: celular, e-mail, Tv
  • Redes: Com possibilidades desde de energia elétrica, broadcast (rádio, TV) até Redes IP (VOIP – Skype)
  • Dispositivos: Como os celulares e smartphones, e suas várias funções.

Outra tendência é o Business Process Management (BPM) ou Administração de Processos de Negócios que é um conceito que une Gestão de Negócios com Tecnologia da informação. Seu foco é melhorar os processos de negócios da empresa através de métodos, técnicas e ferramentas para modelar, publicar, controlar e analisar processos operacionais envolvendo diversas fontes de informação. Os sistemas BPM, monitoram os processos tal que os gestores possam analisa-los e altera-los em dados reais. Pode-se dizer que o BPM é a evolução natural do ERP.

BPM Corporativo

O link abaixo, é de um blog que fala um pouco sobre as diferenças entre BPM e ERP:

http://intraflow.com.br/videoblog/11-erp-vs-bpm-algumas-diferencas.html

Até mais!

AUTOMAÇÃO

(07/05/13)

AULA 13

Sistema automático que visa otimizar os processos de negócios, aumentando sua produtividade. Tem como foco, além dos processos, a produção, a operação e o gerenciamento do negócio. A Automação pode ser basicamente Industrial, Comercial e de Serviços (ou bancária).

INDUSTRIAL é a aplicação de técnicas, softwares ou equipamentos específicos em uma determinada máquina ou processo industrial, com o objetivo de aumentar a sua eficiência e maximizar a produção com o menor consumo de energia e matérias primas. É um passo além da mecanização, onde operadores humanos são providos de maquinaria para auxiliá-los em seus trabalhos.

COMERCIAL –  basicamente mecanização da área de vendas, informatizando seu sistema e agilizando processos manuais, alcançando total eficiência.

SERVIÇOS (OU BANCÁRIA) –  se diz bancária por ser seu representando mais significativo. A aplicação de métodos e ferramentas para automatizar atividades bancárias, é um forte diferencial competitivo. A crescente automação no nível das agências, e essas integradas aos sistemas centrais dos bancos, tornou possível que o usuário do sistema bancário deixasse de ser apenas cliente de uma agência e se tornasse cliente de todo o banco.

Cada sistema de automação pode conter 5 elementos: Acionamento, Sensoriamento, Controle, Comparador e Programas.

Veja a seguir um vídeo sobre AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL – ou Domótica, a gestão de todos os recursos habitacionais:

CURIOSIDADES

Salman Khan

Salman Amin “Sal” Khan é um educador americano, empresário e ex-analista de fundos de hedge. Ele é o fundador da Academia Khan, uma plataforma livre de educação on-line e organização sem fins lucrativos.

A partir de um pequeno escritório em sua casa, ele já produziu mais de 4.000 vídeo aulas que ensinam sobre assuntos acadêmicos, com ênfase em matemática e ciências.

Com quatro graus bacharel em matemática, bacharelado em engenharia elétrica e ciência da computação, bem como um mestrado em ciência da computação do Massachusetts Institute of Technology, e possui MBA pela Harvard Business School.

Até o próximo!🙂

SCM e EDI

(23/04/13)

AULA 12

SCM e EDI são sistemas estratégicos que interligam os processos de empresas, não só, os internos como também, entre os de fornecedores e parceiros.

O SCM (Supply Chain Management) ou Cadeia de Valor (Gestão do Canal de Suprimentos) é o encadeamentos de processos produtivos dentro de uma empresa por meio da Tecnologia da Informação. E se essa interligação entres as partes da cadeia produtiva for muito bem estruturado, garante a satisfação de seus clientes e consegue um diferencial significativo entres seus concorrentes. Por exemplo, o McDonald’s.

A seguir um vídeo sobre o assunto:

 

EDI (Electronic Data Interchange) ou Intercâmbio eletrônico de dados é a padronização da troca de dados/informações que ocorre diretamente entre computadores (dispensando digitação ou manipulação) de empresas do mesmo segmento (Bancário, Transportes, Supermercados, etc). Ex: Quando fazemos um TED (Transferência Eletrônica Disponível).

Alguns benefícios do EDI são:

  • Integração entre sistemas significativos já existentes como o ERP;
  • Menos erros de transcrições;
  • Agilização entre processos;
  • Aumento da qualidade de informações;
  • Eliminação de documentos impressos.

Existe também E-EDI e WEB EDI, que é quando essa tecnologia é usada através da Internet.

Exemplo de EDI

 

Até o próximo!

Gestão do Conhecimento – Workgroup e Groupware!

(16/04/13)

AULA 11

Um dos fatores estratégicos mais importantes para as empresas obterem vantagens competitivas dentro do mercado é a Gestão do Conhecimento – KM (Knowledge Management). É todo o conhecimento existente em uma empresa, tudo o que os empregados adquirem ao logo de suas permanências, tanto tácito que é o que está na “cabeça” – as idéias, quanto explícito quando essas idéias são externadas. Com a KM, as organizações melhoram as relações entre funcionários, fornecedores e clientes, o que facilita a troca de informações e conhecimento.

Gestão do Conhecimento

Existem ferramentas que são utilizadas para ajudar a KM:

  • Workgroup: Grupo de profissionais que compartilham informações a fim de realizar atividades de forma mais produtiva e eficaz. Usam ferramentas de agenda e anotações pessoais em papel, de forma isolada;
  • Groupware: Ferramenta tecnológica que permite maior comunicação entre os grupos de trabalho, as pessoas trabalham com mais eficiência, criatividade e inovação. Como é a evolução do Workgroup, a ferramenta de agenda passa a ser colaborativa onde todos podem ver as anotações dos demais.

Um Workgroup já é eficiente por ser um grupo de pessoas trabalhando juntas, mas se usarem a tecnologia se tornando um Groupware serão muito mais eficientes. E junto com a Gestão do Conhecimento é o ideal para qualquer organização.

Clique para ampliar

Até mais! ^^

Reengenharia, CRM e WorkFlow…

(09/04/13)

AULA 10

REENGENHARIA DE PROCESSOS, é um sistema administrativo que visa implementar mudanças radicais para uma grande melhoria no desempenho das empresas, em todos os aspectos.

Michael Hammer é o criador dessa revolução, que buscava a redefinição dos processos, da organização e da cultura de uma organização. Oferecendo uma visão totalmente nova de como as empresas devem ser geridas para obter sucesso. Lançou em 1994, junto com James Champy o livro best-seller internacional Reengenharia Revolucionando a Empresa – Hammer e Champy.

Hammer and Champy

O vídeo a seguir fala um pouco de Reengenharia na prática:

Utiliza-se também da Reengenharia para implantar o ERP – Software de Gestão Empresarial (já falamos algumas vezes sobre ele aqui no blog, veja em Visa Geral!) uma das principais ferramentas de controle das Funções Empresariais: Vendas e Marketing, Fabricação e Produção, Finanças e Contabilidade e Recursos Humanos.

A SAP  é líder de mercado de tecnologia em software de administração de negócios (ERP). Saiba mais sobre em: http://www.sap.com/brazil/index.epx

Veja também o comercial da SAP – Brasil:

http://www.youtube.com/watch?v=JPnzjz96YGY

Por fim também vimos sobre:

  • CRM:  Gestão de Relacionamento do cliente, que tem o objetivo de fidelizar os clientes resolvendo seus problemas. Ex. Call Center ou SAC – Serviço de Atendimento ao Cliente;
  • WorkFlow: Ferramenta de fluxo de trabalho, automatiza processos, racionaliza e aumenta sua produtividade. Pode ser implantada para racionalizar processos com problema, antes do ERP.

Até o próximo!🙂

Comércios eletrônicos e novidades…

(02/04/13)

AULA 9

Mercado eletrônico – Tipos de comércio digital:

  •  B2B ou  e-Business – É o negócio eletrônico realizado entre empresas, onde há um grande número de volume financeiro e quantidade de transações reduzidas;
  • B2C ou  e-Commerce – Comércio eletrônico entre empresas e consumidores, que movimenta grande número de transações, porém com baixo volume financeiro. Ex: Empresas que fornecem produtos e serviços como a Submarino;
  • C2C – Transações realizadas de consumidores para consumidores, tipo leilão virtual. Ex: Mercado Livre;
  • C2B – Negócios especiais, que são transações feitas de consumidor para empresas, o leilão invertido.

Veja um vídeo explicando um pouco mais sobre o e-Commerce e o e-Business:

Para ter sucesso no comércio eletrônico é preciso ter um bom sistema de ERP (já falamos sobre ele no blog, veja em S.I. – Visão Geral). O link abaixo, é o comercial de uma empresa que desenvolve sistema ERP direcionado para o e-Commerce:

**** http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=1FjEU1Lzm-U

O professor falou também sobre:

  •  e-Learning – É o tipo mais amplo de EAD (Ensino a Distância), que utiliza a infraestrutura da internet;
  • Teletrabalho ou Trabalho Remoto – Possibilita ao profissional trabalhar em qualquer lugar com acesso a internet, até mesmo em sua casa, caracterizado assim de Home-Office.

> NOVIDADES COMENTADAS NA SALA…

Scanner de pé: 

“Pesquisadores europeus estão desenvolvendo um novo scanner para medir o tamanho e o formato dos pés… Entre outros recursos, o novo scanner utilizará feiches de luz para medir o tamanho dinâmico dos pés – passo a passo -, oferecendo com isso maior precisão… “

Scanner de Pé

+ em: http://www.couromoda.com/index.php?http://www.couromoda.com/noticias/setor_gerais/Gnoticia_3079.html

Legal né?!

Hologramas:

” Os hologramas são registros de objetos que quando iluminados de forma conveniente permitem a observação dos objetos que lhe deram origem…”

Um exemplo de holograma que impressionou o mundo, foi o do rapper Tupac que morreu em 1996, e através desse recurso, reapareceu num show do Snoop Dogg. O vídeo a seguir mostra como foi isso:

Impressionante mesmo não é?

+ sobre em: http://www.tecmundo.com.br/holografia/22409-como-foi-feito-o-holograma-de-tupac-shakur-que-impressionou-o-mundo-.htm

E em: http://www.cienciaviva.pt/projectos/pulsar/hologramas.asp

Até mais!😛

Mouses futurísticos entre outras coisas!

(26/03/13)

AULA 8

Diferença entre as tecnologias da Internet:

  • Web 2.0 = Melhorar recursos da atual rede mundial;
  • Internet 2.0 = Experimentos científicos e acadêmicos;
  • TCP/IP = Protocolo de Controle de Transmissão – Transmissor;
  • FTP = Protocolo de Transferência de Arquivos;
  • IP = Protocolo de internet – Identificação do computador;
  • Intranet = Rede privada;
  • Extranet = Rede privada com participação de colaboradores.

* Para saber mais, clique sobre cada palavra.

Além de entender sobre a Computação em nuvem, que visa migrar os aplicativos e dados dos usuários para a internet.

Abaixo veja um vídeo super interessante sobre o tema:

E ainda, VOCÊ SABIA?

Que por conta do constante crescimento e evolução da rede, os números do IPv4 estão chegando ao fim. E porisso, vai ser substituído por uma nova versão, o IPv6 que comporta muito mais conexões.

Veja as diferenças entre os IPs em http://blog.emporio-web.com/lang/pt-pt/2011/02/diferencas-entre-o-ipv4-e-o-ipv6/

E o vídeo abaixo tem mais detalhes sobre o processo de migração:

SABIA TAMBÉM?

Que existe desenvolvimento de “mouses futurísticos“, como por exemplo:

MOUSE ECOLÓGICO: Extrai energia da luz do sol

Mouse ecológico

+ em http://g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/0,,MUL85612-6174,00.html

MOUSE FLUTUANTE: Flutua dentro de um campo magnético

Mouse flutuante

+ em http://www.williamzimmermann.com.br/futuro-proximo-mouse-flutuante/

MOUSE INTELIGENTE: Identifica usuário pelo toque

“(A idéia) é usar o mouse como se ele fosse o substituto de uma caneta”, disse o cientista Peter McOwan da Universidade de Londres.

+ em http://www.bbc.co.uk/portuguese/ciencia/story/2003/09/030901_mousemt.shtml

E aí, gostou?

Até mais! ;P